Sites Parceiros:

Translate this Page

Rating: 2.7/5 (1356 votos)



ONLINE
2




          PARCERIA

Parceria

Ajude-nos a manter este site no ar. Doações a partir de R$ 2,00

Faça a sua! Abrace esta idéia.

Banco do Brasil - 001

Ag.: 0418-9

C.Poup.: 22772-2

Agnaldo Inácio

520

_________________________

  ACHOU UM POMBO ?

     INFORME AQUI !

_________________________


Padrão do Pombo-Correio

O padrão do pombo-correio


A palavra PADRÃO nos  leva ao significado de MODELO, e quando  levamos esse significado  para o lado do pombo-correio, queremos  falar  de como deve ser a preocupação e o trabalho do columbófilo, que antes de tudo deve ser  também  um columbicultor.

O modelo do pombo-correio moderno não  é uma coisa que foi acontecendo por obra do acaso,  esse modelo é um trabalho  resultante de decisões  de encontros de criadores   que se preocupavam  não apenas com a capacidade de voou e sentido de orientação, mas, também com a parte estética do pombo-correio. Nessa parte estética  está  a preocupação  em  se desenvolver  um  conjunto  de fatores que propiciem um bom resultado na capacidade de voou.

Assim  como um carro, ou uma aeronave da atualidade, que tem uma  mecânica e aerodinâmica  mais avançada e projetada  para fazer com que  o  atrito  e a força de deslocamento seja  melhor aproveitada,  o  columbófilo  deve  se preocupar  com esses fatores também nos  pombos que estão a nascer no seu pombal. Então o trabalho do criador deve ser o de produzir aves  com boa mecânica de vou.

Todo criador, e também um leigo qualquer,  aprecia e prefere um pombo bonito, um pombo que desperta  atenção  à vista. Mas o que torna um pombo bonito à vista? O que torna um pombo bonito à vista é o conjunto.  Claro que a visão de um leigo é diferente da visão de um criador com algum tempo de prática.

O conjunto  pode ser  apreciado e julgado de duas maneiras,  a primeira é o que podemos  enxergar  e opinar num primeiro  e rápido momento,  e  o segundo  é o que analisamos  ao  ter o pombo  à mão.  Nesse momento o criador experiente e técnico,  pode avaliar todo o conjunto.

Logo se sente a qualidade das penas, que deve ser sedosa, macia e transmitir qualidade.  Deve ser livre de qualquer defeito causado por piolhos e moscas ou por deformações  causadas por uso indevido de medicamentos ou anomalias  causadas  quando dos cruzamentos,  principalmente cruzamentos consanguíneos , quando praticados aleatoriamente.

Ainda falando das penas, deve-se observar o tamanho da asa e da calda, que deve ser proporcional  ao tamanho  do pombo. A capacidade de elasticidade das penas  de ataque, as primárias, principalmente da 5ª à 10ª, deve ser  avaliada cuidadosamente pois  elas são super exigidas  no exercício do vou, principalmente  nas grandes  distâncias  com vento de bico.

Os pombos  rápidos, mesmo em grandes distâncias, tem as penas de esforço estreitas, as penas largas são características de pombos mais lentos. Da mesma forma pombos com um volume muito grande de penas,  mostra um pombo lento e geneticamente adaptado para  países de clima muito frio.

Quando  os pombos estão em boa forma, resultado de uma boa muda, de uma saúde perfeita  e de uma alimentação balanceada, eles produzem um pó branco, que produz  aquela sensação de  qualidade e deixa  a água de banho completamente coberta de branco.

O pombo que atende ao padrão deve ter ainda uma cabeça bem feita, com bico, olhos,  orla e carúncula proporcionais, sem tender  ao exagero e passar a impressão de um conjunto bem harmonioso  e belo.

O esqueleto dever  ter uma boa  conformidade,  proporcionando asas fortes,  externo  não muito saliente, forquilha forte, curta e com apenas alguns milímetros de afastamento,  o que passa a impressão  de equilíbrio, de  harmonia. As pernas  e pescoço não devem ser muito curtos ou muito longos.

Quando  colocado nas mãos, o pombo deve cair bem, as penas da cauda devem ficar juntas  e se deixar examinar. Quando o pombo  abre as penas do rabo parecendo um leque e quando  ligeiramente balançado para cima e para baixo e ele parece que vai cair, ficando todo desengonçado, esse pombo não tem um bom equilíbrio.

A importância de o pombo ser bem equilibrado e apresentar um conjunto harmonioso e dentro do padrão, é que permite voos  rápidos e de longa duração, pois essas boas qualidades citadas acima, permitem  um bom deslocamento com  o menor esforço possível, permitindo um menor desgaste de energia, ou seja, as suas reservas  são muito melhor aproveitadas.

pombo belga

Esse aprendizado não é adquirido da noite para o dia, é necessário muitos anos de prática, de estudo e de observação. E mesmo assim, os bons selecionadores, juízes classificadores e columbicultores, trazem esse dom, que é lapidado com o tempo de prática.

Como alimentar pombo

Observe que a grande maioria dos Campeões em columbofilia tem uma colônia padronizada e pombos  bem parecidos fisicamente, diferente dos  iniciantes ou criadores  já de muito tempo que criam suas aves sem qualquer critério de seleção, onde se vê pombos  de variados tipos morfológicos. 

É importante lembrar que o sucesso como competidor está associado a alguns fatores: padrão ideal, conhecimento e domínio das técnicas de voou,  treinamento correto e uma super  seleção.

O pombo-correio atual é o resultado de uma evolução, onde ele teve que ser readaptado a cada período, para atender às exigências atuais, que busca um pombo mais rápido, com um sentido de orientação mais preciso. Um pombo mais leve, ligeiramente menor, menos rústico e com um sentimento de amor ao pombal mais forte.

 

Sérgio Maia – Pombal Bumerangue

Alagoinhas-Bahia-Brasil

e-mail: sergiomaiapombalbumerangue@yahoo.com.br

 

VOLTAR